segunda-feira, 1 de março de 2010

Ao redor

Sorri quando o que havia em mim era tristeza. Chorei quando a alegria transbordava, chorei quando esta era a única coisa que me restava. Sorri de felicidade, sorri pra estampar alegria, pra mascarar a tristeza. Se chorei ou se sorri, se vivi, se morri, se enlouqueci, se de tudo um pouco fiz, não me arrependo. Mas se olho ao redor vejo aflição nos olhares, vejo tristeza, melancolia. Não quero que se aflijam com as exigências dessa vida. Provas sempre vamos ter que passar por alguma, não será a primeira nem tampouco a última. Será mais uma transição, mais uma fase a ser vivida. E que venham provas, fases, aflições! E o que tiver que ser, será. De preferência com sorriso no rosto e muita, muita confiança no peito!

Um comentário:

Perguntais-me quem sou? disse...

E quer saber o que mais? Esse teu sorriso já alegra a vida de muita gente, tenho certeza disso..